Fábio Bastos - Desenvolvedor WordPress em BH. Desenvolvimento Front-end e Back-End

Desenvolvedor WordPress, Web Designer e Programador

WordPress como ferramenta de Comunicação e Marketing Digital – Parte I


Reutilização de código é um termo recorrente entre todos os desenvolvedores web, mobile ou desktop. Mas essa prática, que faz com que o processo de criação de sistemas seja muito mais otimizado, padronizado e, principalmente, rápido, pode ajudar também a gerar resultados melhores, em menor tempo e com menos verba.

Digamos que temos uma verba curta para o desenvolvimento de uma Campanha completa de Marketing Digital. O normal é que a agência já pense em cortar benefícios que o cliente pode ter e, muitas vezes, fica sempre focada no tempo que vai gastar para desenvolver tecnologia e design. Preocupa-se em fazer o site ficar bonito e interativo, e todos se esquecem do principal motivo de existir uma página na web, que é ser uma ferramenta de negócios online, tão importante quanto uma loja física e, muitas vezes, essa loja física nem sequer existe.

WordPress e Marketing DigitalPense que o cliente contratou a empresa para a criação de site e toda a campanha online. Geralmente são feitos orçamentos baseados em horas a serem trabalhadas, mas essas horas focam muito a parte de desenvolvimento e até na hora de pensar as integrações com outros sistemas e redes sociais há uma preocupação muito grande sobre como isso será programado.

Agora imagine que tenhamos uma ferramenta que deixe o Planner livre para pensar em inúmeras possibilidades de interação com o público, integração com redes sociais, galerias de fotos, vídeos, apresentação, entre outros, que venham de outros sites e gadgets, além de poder dar liberdade ao Designer de criar layouts fantásticos e focados em interações ricas. E isso tudo sem preocupar se os programadores levarão semanas para desenvolver, pois a maioria das funcionalidades já existe, precisando apenas serem instaladas e adaptadas ao layout desejado.

Apresento-os o WordPress

Apesar de não ser algo novo, o WordPress está ganhando cada vez mais espaço entre os desenvolvedores web. O que antes poderia gerar certo receio, agora já é compreendido como uma amplificação do conceito de reutilização de código. Em vez de desenvolver CRUDs utilizando Frameworks e classes, que já eram facilitadores do trabalho, agora temos um sistema de Gerenciamento de Conteúdo completo e com possibilidades infinitas de customização da Administração para criar campos ainda mais complexos de conteúdo, que vão muito além das simples páginas e posts comuns dos blogs.

Isso, um erro comum que alguns ainda cometem é achar que o WordPress é só um blog, e, mesmo entre os desenvolvedores, muitos acham que o máximo que podem fazer é ignorar o blog e inserir páginas como templates. Já tive que trabalhar com sistemas do WP que foram instalados separadamente para o site, com páginas estáticas, e blog, em uma pasta separada, para gerenciar os posts, como se isso não pudesse ser feito em uma só instalação. Isso acontece quando é contratado um desenvolvedor que não aprendeu mesmo como “programar em wordpress”. Esse ato perigoso muitas vezes pode fazer com que o site acabe ficando mais caro, pois o programador ou agência vendeu um “site em wordpress”, mas não sabe como fazê-lo.

Muito mais do que isso, o WordPress permite que criemos vários sites dentro de uma só instalação, através do WP MU (Multi Users). Dessa forma, com um Painel de Administração, o Gerente poderia tomar conta de uma série de sites ou blogs, inclusive usando domínios diferentes e trabalhando o DNS deles.

Além do Multi Users, que nem chega a ser um plugin, pois existe como funcionalidade nativa do WordPress, há também o plugin buddyPress, que pode transformar o site em uma Rede Social com todas as funcionalidade básicas desse tipo de sistema. Outros plugins também importantes servem para transformar seu site em um e-commerce, CRM, entre outras possibilidades. Tudo isso, se bem feito e planejado, pode fazer com que o cliente tenha uma real presença online, utilizando essa amplificação do conceito de reutilização de código.

Enfim, nesse primeiro post, estou colocando em foco somente o problema, que é usar um sistema pronto como o WP para podermos ter mais tempo na hora de desenvolver a Campanha do cliente. Nos próximos artigos, entrarei em mais detalhes de cada possibilidade do WordPress.


Tags: , , ,

Deixe uma resposta